A um passo do fim das Audições!

É isso mesmo, minha gente! Última semana de Audições no X Factor Brasil e as últimas vagas em cada categoria estão sendo preenchidas. Por hora, temos os Adultos e os Grupos como as categorias mais promissoras. As fases seguintes vão definir se os mentores vão cagar ou não nas escolhas e nas respectivas categorias.

Como sempre, vocês vão ter meus comentários aqui e o episódio completo pra quem quiser ver ou rever. Sem mais mimimi, sigam-me os bons!

Bárbara Jardim – “Bang Bang” by Jessie J

Vocalista de uma banda, Bárbara decidiu seguir na carreira solo e tentar sua vaga no estrelato, após incentivo de algumas pessoas. Apesar da escolha musical ousada, eu gostei do poder vocal que ela mostrou. Não teve um grande diferencial que a fizesse se destacar, mas foi legalzinho e animou a plateia. Com “sim” de Paulo, Alinne e Di, Bárbara avança para o Centro de Treinamento. #Aprovada

Gabriel Renê – “Take Me To Church” by Hozier

Filho de boliviano e mineirinho, Gabriel é uma mistura que promete dar certo. Ou melhor, prometia. Achei que ele estava muito nervoso e a escolha musical o prejudicou, pois a voz de Hozier é muito marcante, o que obriga qualquer cover a se superar para alcança-lo. Achei que faltou intensidade e afinação, e eu não aprovaria ele não. Com “sim” só de Alinne, Gabriel vai embora pensando em se dedicar mais para voltar no futuro. #Eliminado

Miguel Ev – “7 Years” by Lucas Graham

Gaúcho, Miguel escolheu uma música do momento pra tentar sua vaguinha. Começou muito bem e me surpreendeu. Achei o timbre doce e sutil, e acho que ele ousou no que pôde, já que a música o limitou demais. Esperava mais entrega e emoção, mas foi legalzinho, apesar das semi-tonadas. Ele ganhou elogios de todos os jurados, além dos quatro “sim”, e segue para a próxima fase. #Aprovado

Paula Raia – “Black is Beautiful” by Elis Regina

untitled-1

Carioca e com um estilo totalmente diferente, Paula quis mostrar que possui o X Factor. Eu amei a escolha musical, mas não achei que a voz encaixou muito bem não. Ela tentou inovar e interpretar a música como conseguiu, mas ficou faltando algo que a destacasse. Os jurados buscaram críticas construtivas para Paula, inclusive Rick soou arrogante, mas ela acabou não passando das Audições. #Eliminada

Tainah – “I Believe in You and Me” by Whitney Houston

untitled-1

Buscando homenagear e honrar a mãe, Tainah é uma Baiana arretada que nem parece a idade que tem! Durante toda a apresentação me incomodou muito o fato de ela parecer fora do tom e desafinada. Alcançou algumas notas legais, mas no geral eu achei um desastre. Os jurados elogiaram a técnica dela (vai entender!) e deram 3 “sim”pra ela, levando-a para a próxima fase. #Aprovada

João Vitor e Edson – “Ou Some ou Soma” by Jorge e Mateus

Mineiros de Lambari, a dupla sertaneja quer conquistar o Brasil. Cheios de carisma e vontade, escolheram uma música incomum de Audições do povo sertanejo. Amei a primeira vez, mas achei que a segunda atrapalhou e comprometeu a harmonia. Inclusive, em alguns momentos soou completamente fora do tom. Os jurados falaram que acharam bem morna a apresentação e os meninos conseguiram apenas dois “sim”. #Eliminados

André e Luiz Otávio – “É Isso Aí” by Ana Carolina

Mais uma dupla sertaneja veio tentar a sorte. Já estou torcendo por mais personalidade hahaha. E fui surpreendido! Chocado que a dupla sertaneja escolheu cantar Ana Carolina. A primeira voz é de uma potência e representatividade tão grande que eu fiquei animado pela dupla! A harmonia das vozes foi bem encaixada e os dois estavam com emoção durante a música. Curti bastante! Os jurados aprovaram a escolha musical, a dinâmica da dupla e da apresentação, e os levaram para a próxima fase. #Aprovados

Fabiano Venkoff – “Against All Odds” by Phil Collins

Acreditando na sua entrega e dedicação, Fabiano acredita que tem um lugar pra ele no programa. Com uma escolha musical difícil, considerando a interpretação de Phil Collins pra canção, Fabiano fez o que pôde. Gostei do timbre e dos recursos vocais dele, mas pareceu tão forçado e gritado que não curti muito a apresentação não. Os jurados concordaram comigo e decidiram eliminá-lo. #Eliminado

A Dupla da Paulista – “Lua de Mel em Paris” by A Dupla da Paulista

Uma dupla diferente, mas cheia de carisma e personalidade. Com uma música autoral, elas se identificaram sertanejas logo na primeira nota, com uma harmonia legal e uma primeira voz forte. No geral, acho que tem espaço, apesar de elas não parecerem tão preparadas. Paulo, Alinne e Rick deram “sim” para as meninas, acreditando que elas têm um algo a mais. #Aprovadas

Henrique Gonçalves – “Sweater Weather” by The Neighbourhood

De Santa Catarina, Henrique acha que tem que tentar todos os seus sonhos pra conseguir algo que o faça feliz. Com uma música que amo, ele tentou o seu melhor, mas pra mim não foi suficiente. Foi tão genérico e sem graça que eu quase dormi. Porém, na segunda metade da música ele fez umas coisas diferentes que me fizeram prestar mais atenção na sua voz. Estou dividido. Com o “não” só de Paulo Miklos, Henrique segue para a próxima fase. #Aprovado

Jack Oliveira – “At Last” by Etta James

Que negra linda! Jack é paulista e simpática demais! Com um clássico dos realities, Jack tentou surpreender o público e os jurados. Achei a voz e a intepretação dela bem sensual e profunda. Oscilou um pouquinho, mas nada que comprometesse não. No geral, uma boa apresentação. Os jurados focaram em outras coisas que não a apresentação e achei ridículo. Paulo, Alinne e Di deixaram os seus “sim” pra ela, levando-a para o Centro de Treinamento. #Aprovada

Julia Rezende – “My Immortal” by Evanescence

untitled-1

Novinha demais, Julia achou que estava pronta para o programa. Achei que começou errado já na escolha musical, uma vez que a vocalista do Evanescence, Amy Lee, tem uma voz marcante e que poucos conseguem alcançar. Julia acabou me surpreendendo, não vou negar. Um timbre ótimo, afinada e sentindo cada palavra da música. Se perdeu em alguns momentos, mas gostei do saldo final. Ela conseguiu elogios ótimos dos jurados, principalmente de Rick, e segue para a próxima fase. #Aprovada

Vicente – “Who’s Loving You” by Jackson 5

Com autoconfiança demais, Vicente veio de Brasília pra se apresentar para os jurados. Vicente me chocou também, gente. Socorro esse povo hoje! O timbre dele e a personalidade no palco me conquistaram de maneira sem igual. Ele poderia ter projetado um pouco mais a voz e ter se atentado à alguns aspectos de afinação, mas no geral foi legal. Com “não” de todos os jurados, a autoconfiança de Vicente escorreu pelos dedos e ele foi pra casa sem mostrar bem a que veio. #Eliminado

Conrado Bragança – “Wherever You Will Go/Pra Rua Me Levar” by The Calling/Ana Carolina

Mais um novinho, agora de Curitiba, Conrado veio tentar driblar o nervosismo pra conseguir uma vaga. Com uma música cheia de sentimento, ele já me surpreendeu pelo timbre gostoso de ouvir. No entanto, achei que ele semi-tonou algumas notas, deixou a desejar na carga emocional e fez um karaokê legal. Falta malandragem e experiência para se destacar, mesmo cantando em português. Com “sim” de três jurados, Conrado vai ter mais uma chance de se superar. Veremos… #Aprovado

Bruna Pires – “Chandelier” by Sia

Acreditando no diferencial do seu timbre, Bruna veio tentar lacrar com uma versão acústica de Sia. Achei ousado e arriscado, mas inteligente. Amei o timbre e o arranjo que ela usou pra apresentação. Começou bem e se perdeu um pouco. No geral, foi diferente do que estamos acostumados. Ela convenceu todos os jurados e segue no programa! #Aprovada

Lucas Machado – “All of Me” by John Legend

Com uma apresentação bem morninha e genérica, Lucas tentou se destacar em meio a tantos candidatos. Achei o timbre dele bem genérico e acho que ele não apresentou nada de novo. Di foi bem direto com sua opinião, dando o único “não” que Lucas recebeu. Com isso, ele segue para a próxima fase. #Aprovado

Fragaz – “Is This Love” by Bob Marley

Fragaz é outro catarinense que veio tentar a sorte. Com uma versão super original e gostosinha de Bob Marley, ele fez o basicão. Achei que ele pecou um pouco na sua interpretação, deixando a voz sumir e ousando demais. Não foi das melhores apresentações que vi dessa música, com certeza. Os jurados esperavam mais de Fragaz e com isso ele acabou rodando. #Eliminado

Mariah – “I Have Nothing” by Whitney Houston

Baiana e moradora do Rio de Janeiro, Mariah já quer chegar ganhando Grammy hahahaha Achei ela super autêntica e carismática, logo de cara. Mariah começou muito bem, com um timbre limpo e com potencial. Achei ela bem afinada, na maior parte da música, com alguns errinhos técnicos ali e aqui, principalmente por nunca ter feito aula de canto. Adorei ela! Os jurados ficaram surpresos com ela e gostaram muito do que viram! Com “sim” unânime da bancada, Mariah vai rumo ao Grammy! #Aprovada

Considerações Finais

O programa de hoje começou bem devagar, bem morno, mas foi crescendo e me surpreendendo diversas vezes. Teve candidatos com timbres belíssimos, candidatos afinados, e candidatos irreverentes. No geral, não foi o melhor dia de Audições, mas foi legal.

Os destaques ficam pra Mariah, Miguel Ev e a dupla André e Luiz Otávio. Todos estes me surpreenderam, de forma positiva, seja pelo timbre, pela maneira que evoluíram ao longo da apresentação, seja pela inusitada escolha musical.

As categorias já estão quase completas e na quarta-feira teremos os decretos finais. Vocês estão prontos pra definirmos a próxima fase? Até o próximo episódio!

Gerson Elesbão
Gerson Elesbão

Nem tão complicado demais, mas nem tão simples assim: quebra-galho, colunista e seriador. Dificilmente atualiza o Banco de Séries, mas adora gongar as séries amadas pelo público. @gersonelesbao
Deixe-nos um comentário!
%d blogueiros gostam disto: