Uma noite de apresentações medianas, mas de escolhas muito coerentes.

E aí galera, Michel aqui novamente no comando de mais uma review do X Factor Brasil. Esse é o quarto e último episódio da fase do Desafio das Cadeiras, encerrando com os grupos para finalmente formarem o top 16 dessa temporada. Paulo terá uma difícil missão de conseguir um bom top 4 na sua categoria, já que ele ficou com a categoria mais fraca da temporada, espero que ele diante das opções que tem possa escolher os melhores e assim levar um time que possa competir fortemente com as demais categorias. Espero que ele siga o exemplo da Alinne e faça escolhas coerentes ou no mínimo aceitáveis né? Pois no mínimo, algumas escolhas do Di e Rick foram absurdas, principalmente levando em conta os talentos que eles deixaram escapar.

Como aconteceu nas demais categorias, serão 10 participantes brigando por apenas 4 vagas que será definida exclusivamente pelo jurado da sua categoria, nesse caso o Paulo Miklos, podendo ele trocar essas vagas da cadeira a qualquer momento. Sem mais conversa, partiu review!

Zennus – “When I Grow Up” by The Pussycat Dolls

Primeiro que acho que tem gente demais ali, segundo que é muito difícil harmonizar vozes entre homens e mulheres, além de que o grupo não tem uma voz principal que possa se destacar entre os demais. A ideia inicial de fantasias e tal, foi muito legal e pareciam até que iam ser inovadores como eles mesmo disseram, mas a apresentação foi uma bagunça e não soou nada harmoniosa, uma pena porque o grupo até tinha uma imagem legal e fazendo uns ajustes, poderia vingar no reality, mas por essa apresentação não tinha como eles ganharem uma cadeira.

ZENNUS ELIMINADOS

Dó Maior – “O Xote das Meninasby Luiz Gonzaga 

O grupo quando cantando em conjunto até soam bem harmoniosos e tal, porém nos momentos de solo acho que todos eles ficam devendo vocalmente. Eu sou nordestino e super time forró, mas não acredito que esse grupo representou bem o estilo, pareceu mais um coral de Natal do que uma apresentação de reality, coisa que o Paulo acabou dizendo que foi ideia dele, porra Paulo assim não tem como te defender? Aliás nem o Paulo, nem o grupo, até porque não vejo eles fazendo sucesso no mercado musical atual. Não curtir e não daria nenhuma cadeira, porém os jurados gostaram e o Paulo acabou cedendo uma cadeira para eles.

DÓ MAIOR SENTARAM NA CADEIRA 1

A Dupla da Paulista – “Man! I Feel Like a Woman” by Shania Twain

Essa é uma dupla bastante promissora, principalmente agora que vem estourando as mulheres no sertanejo. Nessa apresentação elas arriscaram bastante, a música era internacional e tentaram algumas coreografias e se soltarem mais durante a apresentação. Vocalmente elas tiveram alguns problemas, o maior deles foi a falta de harmonia entre elas, porém era uma coisa que podia ser resolvida caso fossem bem treinadas. Os jurados detonaram as garotas e Paulo acabou optando por não dá a cadeiras para elas, uma pena porque acreditava que elas iriam bombar nos lives por conta de serem algo que tem dado certo no sertanejo.

A DUPLA DA PAULISTA ELIMINADAS

Andrew e Maylon – “Então Foge” by Marcos & Belutti

A dupla tem bem o estilo do que faz sucesso hoje, seguem a linha sertanejo, cantam até afinadinhos e são bastante simpáticos. Na apresentação os garotos foram bem certinhos, escolherem uma música animadinha, ensaiaram uns passinhos de arrocha no palco e souberam interagir bem com o público. Paulo foi esperto, viu que os meninos são bastante promissores no programa por conta da popularidade do sertanejo no Brasil e deu uma cadeira para os caras, que aliás foi muito justa uma vez que eles fizeram uma apresentação muito boa para uma dupla sertaneja, sem contar que ambos cantam em primeira e segunda voz.

ANDREW E MAYLON SENTARAM NA CADEIRA 2

Onix Acappella – “Gaveta” by Fernando & Sorocaba

Acho esse grupo totalmente desproporcional, eles juntos não rolam para mim, fisicamente e musicalmente, acho que não há uma harmonia entre eles. Um ou outro até que foram bem nos solos, já os demais foram bastante desafinados, aliás se eles achavam que cantar à capela seria um diferencial, acabou sendo um desastre e para mim o maior culpado da performance ter sido essa bagunça toda. O grupo foi bastante criticado pelos jurados e principalmente por Paulo que não deu uma cadeira para eles.

ONIX ACAPPELLA ELIMINADOS

A’s Trinca – “Só os Loucos Sabem” by Charlie Brown Jr

Esse grupo eu tinha bastante expectativas, elas têm seu estilo único e bastante atitude. A performance eu fique muito na dúvida se eu gostei, porque a parte cantada eu achei bem sofrível, semitonou a música toda e soou desafinada na maior parte da música, mas em contrapartida elas arrasaram no rap. Elas mereciam cadeiras pelo histórico da banda, mas pela performance dessa fase eu ficaria na dúvida, porém como não teve nenhum grupo UAU até o momento, elas mereciam muito a cadeira. Paulo se mostrou bem animado com elas e elas conseguiram a terceira cadeira da categoria.

A’S TRINCA SENTARAM NA CADEIRA 3

TropeirÁfrica – “?”

Eu não entendi nada do que eles cantaram, acho que ninguém né? Hahaha. Eles são realmente os “joke acts” dessa edição, os garotos são bastante carismáticos, tem uma popularidade grande e preenchem bem a cota entretenimento do programa. Eu não daria uma cadeira para eles, porque apesar de ter me divertido com a performance, não acho que eles tem potencial pra vencer a competição, porém não julgo Paulo por ter dado uma cadeira.

TROPEIRÁFRICA SENTARAM NA CADEIRA 4

Valter Jr. e Vinícius – “No Rancho Fundo by Chitãozinho e Xororó

Diferente da outra dupla sertaneja, eles apostaram num clássico sertanejo e mandaram super bem. A dupla é bem mais madura que a outra, principalmente vocalmente, porém espero que eles sigam mais a linha do sertanejo universitário do que o sertanejo clássico, já que o objetivo do programa é lançar alguém no mercado musical. Gostei muito deles e com certeza mereciam uma cadeira. A dupla recebeu elogios de todos e acabou ocupando a cadeira da outra dupla sertaneja, uma estratégia muito coerente do Paulo.

VALTER JR. E VINÍCIUS SENTARAM NA CADEIRA 2; ANDREW E MAYLON ELIMINADOS

Ravena – “Não Para” by Anitta

O grupo mais esperado da noite, por conta de todo mundo está bem ansioso para ver a evolução das garotas que foram reunidas durante o desenvolvimento do reality. O resultado foi muito bem para mim, elas mostraram uma certa evolução, estavam mais soltas no palco e todas elas foram muito bem nas suas partes individuais da música, já cantando em conjunto acredito que elas podem melhorar mais as harmonias. No geral, para mim foi a melhor performance da categoria e esse é o grupo que tem mais chance de chegar longe, se bem trabalhadas elas têm futuro. Como era de se esperar que elas teriam sua cadeira garantida já que é um produto criado pelo programa, as garotas fizeram bonito e mereceram uma cadeira para a próxima fase e o melhor que tiraram a vaga do grupo totalmente sem graça, Dó Maior.

RAVENA SENTARAM NA CADEIRA 1; DÓ MAIOR ELIMINADOS

O Clã – “Quando o DJ Mandar” by Dennis DJ

Esse grupo para mim é uma incógnita, porque apesar deles não serem nada bons vocalmente, eu até curto toda aquela farofada que eles fazem no palco. O grupo é o tipo que costumam fazer sucesso no funk, lembram bastante o Bonde do Tigrão, algo nesse estilo, músicas com poucas letras e bastante coreografias. A apresentação deles eu achei bem fraquinha, mas a maioria dos grupos foram assim né? Então eles mereciam uma cadeira, acredito que eles sejam um grupo bem popular. Paulo deu a cadeira para eles, porém a cadeira errada para mim, já que eu tiraria o TroperiÁftica que tem o mesmo estilo mais bagunçado e cheio de danças no palco, mas o Paulo optou pelas meninas A’s Trinca que eram as únicas representantes do rap nacional.

O CLÃ SENTARAM NA CADEIRA 3; A’S TRINCA ELIMINADAS

CONSIDERAÇÕES FINAIS

Paulo foi muito coerente em suas escolhas, a sua categoria estava bastante fraca e acredito que extraiu um bom time ali, com exceção dos meninos do TropeirÁfrica que acho bem desnecessários ali já que tem estilo semelhante ao Clã. O time não é melhor, porque realmente o Paulo ficou com a categoria mais fraca da temporada, mas por conta das más decisões de Rick e Di, o time dele para mim bate de frente com as categorias Adultos e Homens, principalmente o grupo Ravena e a dupla sertaneja selecionada, acredito que esses dois grupos têm grandes chances de chegarem longe na competição.

Com o último episódio do Desafio das Cadeiras, o top 16 foi formado. Cada categoria ficou da seguinte forma:

ADULTOS: Cristopher Clark, Prih Queiroz, Tamires Alves e Rafael Oliveira.

f_366511

HOMENS: Diego Martins, Eli, Conrado e Miguel Ev.

Di Ferrero diz que está feliz com suas escolhas

MULHERES: Ariane Villa Lobos, Jenni Mosello, Heloá Holanda e Naomi Dominguez.

f_367354

GRUPOS: TropeirÁfrica, Valter Jr. e Vinícius,  O Clã e Ravena.

f_367626

Bem, assim está formado o top 16 da primeira temporada do X Factor Brasil, temos candidatos bastante interessantes, mas em contrapartida tem candidatos bem descartáveis também que acabaram tirando a vaga de quem realmente merecia, mas quem sabe um desses “azarões” possam nos surpreender nos próximos episódios né? Minha categoria favorita é das mulheres, gosto de todas da categoria e se Alinne caprichar, teremos apresentações maravilhosas com elas. Logo depois vem as demais categorias, que para mim seguem no mesmo nível, tendo um ou dois que tem potencial de vencer o programa, porém tudo vai depender de como cada participante será trabalhado no programa.

colagens

Então, no próximo episódio oito candidatos se apresentarão e dentre esses serão 3 eliminados, as performances serão ao vivo com votações abertas durante o programa. Não ficou claro se seriam duas categorias ou oito candidatos independentes das categorias. Não gostei muito disso, numa semana já perder 6 candidatos, já que provavelmente no próximo episódio será assim também, esperava todos se apresentassem e apenas um de cada categoria fosse eliminado, mas vamos aguardar pra ver como as coisas no X Factor Brasil fluirão.

É isso, esperamos vocês nas próximas reviews. Mas contem aí pra gente, vocês gostaram do top 16? Qual sua categoria favorita? Já tem um favorito? Deixem aqui, os seus comentários pra gente. Tchau pessoal e até uma próxima!

Michel Araujo
Michel Araujo

Baiano perdido em Aracaju, fã de realities show musicais e séries. Uma personalidade misturada a humor, sarcasmo e uma leve ousadia.
Deixe-nos um comentário!
%d blogueiros gostam disto: