É SEMIFINAL NO X FACTOR BR!

Estamos aqui para acompanhar com vocês mais um episódio de X Factor Brasil. O top 6 foi bastante sofrido e bastante tenso. A eliminação do Diego foi muito emocionante e a eliminação da Heloá muito injusta, mas o que passou passou e agora o foco é o top 4 que conta com a presença de: Cristopher Clark, Ravena, Jenni e Conrado.

Hoje, os 4 semifinalistas cantarão 2 músicas de tema livre. Porém, na primeira rodada teremos uma música escolhida pelo jurado, enquanto na segunda rodada o candidato escolherá sua música. No final do episódio serão revelados os 2 candidatos mais votados, que avançaram direto para a final, enquanto os 2 menos votados cantarão de novo para tentar garantir a sua vaga.

E para a review de hoje, vou contar com os comentários de dois amigos lindos: Jean e Michel Sem mais delongas, vamos às performances da noite.

Primeira rodada: escolha do jurado 

[ADULTOS] Cristopher Clark – “Dog Days Are Over” by Florence And The Machine

Lucas: Pelo amor de Florence!! Música muito errada pro Cristopher. Ele começou mais contido, porém não possui um timbre agradável de se ouvir para cantar essa música. Entrou mal no refrão e desafinou feio. Depois disso a performance foi um show de gritaria. Cristopher continua fazendo mal para os meus ouvidos. Nota: 4

Jean: Cara, primeira vez que comento no XFactor BR e olha, nunca fui com a cara do Cristopher. Adoro essa música da deusa Florence, mas ele já começou pecando muito no comecinho da música, e depois só cagando de monte, sem parar, diarreia total. Não entendo os votos nele, e também não entendo o sinal de positivo do Bonadio pra ele, o que está acontecendo? Estou ouvindo algo diferente? Nota: 4,5

Michel: Músicas indies, tipo Florence, Coldplay, Bird, pedem uma interpretação intimista e suave, Cristopher fez o oposto. Filho grita menos e canta mais, sente mais a canção, mostra verdade no que canta e não saia apenas emitindo ruídos achando que é música. Música é conexão com a letra, é deixa o público conectado com a mensagem da canção e o Cristopher foi 0 em todos esses quesitos. Nota: 4,0


selo_txbr_023_bonadio_paradepassarvergonha
selo_txbr_022_bonadio_quesetafazendoselo_txbr_015_bonadio_quedesastre

[MULHERES] Jenni Mosello – “Me Espera” by Sandy/ “Little Lion Man” by Munford & Sons

Lucas: Primeiramente… #FicaJenni (te adoro, Alinne). Jenni soube muito bem como conduzir a música. Começou com a sutileza necessária, sabendo a hora de subir na música e a hora de colocar seu falsete. A música do Mumford & Sons no meio da performance me surpreendeu e eu, particularmente, acho que atrapalhou a apresentação que estava bem fofa. Ela veio mais intimista e delicada e deu conta do recado Nota: 8

Jean: Ela foi a candidata que eu mais gostei desde o começo do programa. Tiveram sim algumas apresentações que não achei legal, e foi por causa da música. Agora, cantando essa versão do Tiago Iorc eu simplesmente amei. Ela está linda, cantando a música de seu modo. E no meio, cantando Little Lion Man, deu uma acelerada na música e fez um mash up legal, não muito extenso, com apenas 1 estrofe se não me engano. Nota: 8

Michel: Inicialmente gostei da escolha da música, mas a execução não me agradou tanto. Achei que o tom ficou muito baixo pra Jenni, mas amei os falsetes no meio da música, sobre a transição da música, eu já não achei que ficou legal. A performance não foi ótima, mas no geral eu até curtir, apesar de achar essa a mais fraca de Jenni na sua trajetória no programa. Nota: 8

selo_txbr_052_paulo_gosteiselo_txbr_029_paulo_ilikeselo_txbr_017_bonadio_adorei

[GRUPOS] Ravena – “Ai, Ai, Ai” by Vanessa da Matta

Lucas: Primeiro que eu amo essas meninas cantando em português. Elas começaram cantando solo e preciso dizer que elas mandaram bem e imprimindo a identidade de cada uma. Quando começaram a cantar juntas, a harmonia estava melhor do que eu esperava, porém senti o mesmo problema das outras performances, pois falta muita energia e muita intensidade nas harmonias. Elas foram perdendo o fôlego e acabaram entregando uma performance mediana.  Nota: 7

Jean: Olha, até achei que foi uma boa escolha musical, acredito que elas, juntas, tenham potencial de se dar bem no futuro. Elas tem umas vozes, legais, visual legais, que se completam +- , porém, falta mais estudo vocal, de sobreposição de vozes. Agora, o principal, estudo e consciência de palco, elas ficam muito livres no palco, embaralha nossa cabeça, fica muito estranho pra um grupo, eu nunca vi isso. Nota: 7,5

Michel: Eu gosto muito do grupo, mas essas roupas iguais, coreografias de jardim de infância e presença de palco quase nula, não dá né? A música não é a ideal para um grupo, isso atrapalhou muito elas. As harmonias estão até melhores, mas elas precisam evoluir bastante, principalmente no quesito de entrega nas performances, são 4 mulheres e precisam usar mais os palcos.  Levando em conta tudo, eu gostei delas, os vocais estão melhores, mas preciso muito ajustar essa questão de presença de palco. Nota: 7,5


selo_txbr_033_tiago_poderiatersidomelhor
selo_txbr_031_paulo_vamosrefletirselo_txbr_009_ludmila_foipombo

[HOMENS] Conrado – “What a Wonderful World” by Louis Armstrong

Lucas: Escolha maravilhosa para Conrado, mas arranjo super errado. Conrado começou tendo seus erros característicos de afinação, mas estava segurando bem, sendo mais intimista e colocando bem seu timbre na música. Porém, quando a música ficou mais agitada, a performance ficou péssima. Ele não tem potência vocal para isso. Não tem voz! A presença de palco é horrível, parecendo tudo muito forçado. Adorei as tretas da bancada e tenho de concordar com Alinne e com Rick, ele está fazendo hora extra na competição. Nota: 5,5

Jean: Ele ficou mais bonitinho com esse corte mesmo, detalhes à parte. Essa versão meio rock da música não sei muito o que achei, fiquei meio confuso, acho, que o que era pra ser mais emocional, histórico, foi dançante, perdeu a essência. A batida é legal, mas não combina. A voz dele, rouca, seguiu a batida rock, logo nesse ponto foi bem, mas um acerto não cancela o erro anterior, o principal. Nota: 5

Michel: Incrível como ele consegue ser a mesma coisa toda performance, pode dá Joelma para ele, que será a mesma linearidade de sempre. Ele tem um timbre interessante, mas sem nenhum dinamismo e potência, daí não tem como defender. A escolha da música foi péssima, é um clássico que exige muita força e maturidade para interpretação, apesar do Rick ter sido rude, foi totalmente sincero no que disse. Não sei como chegou até aqui e sinceramente com essa apresentação eu não sei ainda mais, foi terrível. Performance linear, desconexa e totalmente sem vida, tentou até dá uma animadinha, mas não foi nada empolgante não. Nota: 5


selo_txbr_032_paulo_odiei
selo_txbr_051_conrado_cotadoselo_txbr_012_aline_calaaboca

Segunda rodada: escolha do candidato

[ADULTOS] Cristopher Clark – “Só Rezo” by Nx Zero

Lucas: Ele precisava de muito fôlego para segurar os vocais da música, mas não foi o que aconteceu. Ele foi cansando e foi perdendo o fôlego durante a performance. Ele não consegue se conter em nenhum momento, tenta encaixar agudos descontroladamente. Performance fraca para um top 4. Nota: 6

Jean: Não consigo acreditar nessa cara do Bonadio, tudo bem, vida que segue. Cantando essa música nacional, Cristopher foi melhor que na primeira música, mas não consigo ouvir ele mais de uma vez, e só de lembrar do retrospecto, cantando Adele, gente, não. #StopCristopher. Não gosto de metálica também, foi tudo péssimo, pra mim ele não canta nada. Nota: 5

Michel: Gente, todo errado aí. Semitonou horrores e cadê todo o clímax da música? Ele precisa aprender que a sonoridade não pode só sair gritando do início ao fim, tem que ter os momentos de suavidade e explosão. Foi muita explosão e zero conexão, pensava que ele ia bem com essa música, mas não gostei nem um pouco, totalmente exagerado. Rick tão entendido da música, como deixa esse show de berros na apresentação? Nota: 5,0


selo_txbr_010_diferrero_deusmeleva
selo_txbr_011_bonadio_toouvindobemselo_txbr_021_diferrero_tocomcaradefeliz

[MULHERES] Jenni Mosello – “Bitch Better Have My Money” by Rihanna

Lucas: Que presença, que voz, que artista! Jenni fez uma versão maravilhosa da música da Rihanna, com vocais precisos e presença de palco impecável. Ela brincou com a voz a performance inteira, usando o seu grave e colocando toda sua potência vocal na música. Não deixou a desejar nadinha na performance. Nota: 9

Jean: Jenni é cheia de atitude, né não? Cantando mais uma vez Rihanna ela quer é chamar a atenção do público pra ficar. Mesmo eu tenho dificuldade de entender um pouco o que ela canta, quando em inglês, depois que a gente acostuma passa a entender bem, é apenas o modo dela cantar, que é dela, ela não tenta copiar de ninguém. Foi uma apresentação legal, ela merece sim a vaga na final do programa. O photoshoot final foi maravilhoso. Nota: 8

Michel: Não entendi a escolha da música, não ajudou nem um pouco a Jenni. É uma pena que justamente na etapa mais importante, a Jenni tenha ficado abaixo das expectativas. A intenção aqui foi até boa, mas não rolou para mim. Me sentindo mal por isso, mas aqui não gostei nem um pouco da performance da Jenni e espero que isso não prejudique ela de ir para final, já que mesmo assim Jenni consegue ser muito melhor que os três demais concorrentes. Nota: 7


selo_txbr_036_fernanda_arrasou
selo_txbr_037_diferrero_gosteiselo_txbr_030_bonadio_atequefoibom

 

[GRUPOS] Ravena – “That’s My Girl” by Fifth Harmony

Lucas: O começo foi muito bom e tudo estava muito interessante. Dessa vez não faltou energia, mas faltou mais uma vez fôlego do meio pro final. Era uma música difícil de cantar, e durante a performance faltou a excelência da divisão das partes da música e elas sofreram com isso. Não evoluíram muito nas harmonias durante toda a performance, que é o que mais cobro delas, mas pelo menos houve energia. Nota: 7

Jean: Cantando um grande hit de Fifth Harmony, Ravena fez novamente uma apresentação razoável, as vezes algumas vozes se perdiam, dava a impressão que tinham esquecido a letra, outrora alguns vocais incomodavam. E, de novo, a consciência de palco, vários momentos elas se chocam ou se tombam durante a apresentação haha, meio engraçado. O look delas achei exagerado, mas bom. Nota: 7

Michel: A performance foi boa, a música tem uma batida legal e é uma música de grupo, então bem mais adequada para elas, porém houveram uns momentos bem ruins na performance. A parte mais rápida da música, ficou uma bagunça, não entendi nada do que cantaram, achei bem desastroso. Tinha tudo para ser um lacre, mas foi bem okzinha, com momentos bem vergonha alheia. Curtir algumas partes e outras odiei, fiquei bastante dividido com essa performance. Nota: 7


selo_txbr_035_aline_vejabem
selo_txbr_034_aline_estranhoselo_txbr_009_ludmila_foipombo

[HOMENS] Conrado – “Coisa Linda” by Tiago Iorc

Lucas: Música acertadíssima. Achei Conrado bom pela primeira vez. Tudo que ele precisava era de uma performance voz e violão para preencher todo o espaço do palco com sua voz diferenciada. A rouquidão da sua voz combinou perfeitamente com a música. Essa foi sua melhor performance na competição. Nota: 8

Jean: Tiago Iorc tá bombando nesse X Factor BR haha, quase toda semana tem música dele, quando não tem ele mesmo no programa. Nessa música até achei ele fofinho, entrosado com a canção, sua rouquidão ficou excêntrica nessa música, mas de forma positiva. Ele fez a melhor apresentação dele hoje, comparando com What a Wonderful world, que foi bem ruinzinho. Não acho ele um diferencial não, mas não é o pior desses semi-finalistas. Nota: 8

Michel: Nossa, me surpreendeu, esperava um desastre e ele até que foi bem aqui? Os vocais estavam bem legaizinhos aqui, essa é de longe a sua melhor performance no programa, porém ele continua cumprindo bem o “selo sonífero” que ele carrega desde o início. Como falei, vocais foram bons, mas entrega e presença de palco continuam nulas, todas performances não vejo nenhuma empolgação. Foi uma apresentação muito boa, sua melhor até aqui no programa e até atrevo a dizer que foi o melhor dessa rodada, também levando em conta que essa rodada tivemos a pior performance da Jenni. Nota: 8


selo_txbr_014_ludmila_foibom
selo_txbr_025_aline_naovoumentireuameiselo_txbr_026_paulo_vocesegurouamarimba

Com o fim da segunda rodada de performances, os nervos estavam a flor da pele, pois estava chegando a hora de anunciar quem seriam os menos votados que cantariam mais uma música para disputar a última vaga da final.

Hoje não foi uma noite muito boa. Jenni esteve bem, mas confesso que esperava muito mais dela. Cristopher manteve o nível das performances, que fazem alguns adorarem ele e outros o odiarem. Ravena ficou na média e se esforçou muito para surpreender. Já o Conrado, foi muito mal em uma performance e muito bem na outra, surpreendendo a todos.

RESULTADOS

Com o fim da segunda rodada de performances, os nervos estavam a flor da pele, pois estava chegando a hora de anunciar quem seriam os menos votados que cantariam mais uma música para disputar a última vaga da final. E segundo as notas dadas por mim, pelo Jean e pelo Michel aqui na review, o ranking da noite ficou:

JENNI MOSELLO – 47,5
RAVENA – 43
CONRADO – 39,5
CRISTOPHER – 28,5

O público teve 5 dias para votar no seu favorito dessa semifinal. Pelo histórico no programa, a lógica seria ter Conrado e Cristopher entre os menos votados. Porém, hoje nãos seria nenhum absurdo se ao lado de Cristopher estivesse Ravena disputando para não deixar o programa.

Chegou o momento de anunciar o resultado. Os dois primeiros finalistas do X Factor Brasil são:

JENNI MOSELLO

CRISTOPHER CLARK

Com isso, os menos votados são Conrado e Ravena, que terão de cantar uma música para se salvar e conseguir chegar à final. Minha torcida é para que Conrado vá embora, pois até esse top 4 não mostrou a que veio na competição. Vamos às performances dos dois menos votados.

 [HOMENS] Conrado – “Heaven “ by Bryan Adams 

Olha, Conrado me surpreendeu, pois achei que o nervosismo acabaria com ele. No entanto, a música super combinou com a voz dele e não houveram muitas falhas vocais. O grande problema é a presença de palco dele, que realmente não melhora muito.

[GRUPOS] Ravena– “ Girl On Fire“ by Alicia Keys

Adorei tudo!! O rap foi interessante, as harmonias estavam melhores do nunca e individualmente elas arrasaram. Laís e Julia foram os destaques, ajudando o grupo a entregar sua melhor performance na temporada.

Chegou a hora dos mentores votarem para ser decidido qual dos dois voltará para casa:

PAULO VOTOU PARA ELIMINAR CONRADO
DI VOTOU PARA ELIMINAR RAVENA
RICK VOTOU PARA ELIMINAR CONRADO
ALINNE VOTOU PARA ELIMINAR CONRADO

Com isso o Conrado foi eliminado, sendo definido que os três finalistas são:

JENNI MOSELLO

CRISTOPHER CLARK

RAVENA

O público infelizmente foi bem injusto durante toda a temporada, mas ao menos na semifinal evitou que o pior acontecesse, deixando Conrado entre os menos votados.

Confesso que Jenni, Cristopher e Ravena não é a final dos meus sonhos, pois é impossível esquecer da Heloá. Porém, dentre o top 4, os finalistas são os que mais merecem vencer o programa.

É isso galera! O X Factor Brasil está acabando e está sendo muito bom acompanhar o programa com vocês, que sempre estão aqui nos ajudando nas análises dos episódios. A partir de hoje as votações estão abertas para definir o campeão do programa. Então, votem bastante e não deixem de nos acompanhar aqui na grande final. Até mais!

 

Lucas Prata
Lucas Prata

Capixaba, basqueteiro, Coldplayer e apaixonado por séries e filmes. Gosta tanto de escrever que tem um bloco de notas no celular só pra isso. As vezes é meio doido, mas quem não é, né?!
Deixe-nos um comentário!
  • Tatiana

    Sinceramente quem merece ESTAR NA FINAL é somente Jenni. Cristopher é insuportável de escutar e Ravena muito ruim como grupo, cantam em uníssono, não tem harmonia nem divisão entre as vozes, enfim, dêem o prêmio à Jenni por justiça.

    • Lucas Prata

      Tatiana, eu também não suporto Christopher e tento comentar suas performances com toda imparcialidade do mundo, mas é difícil de aturar. Ravena realmente não mostrou entrosamento nem dentro e nem fora de palco. E tô contigo: #GanhaJenni

  • ana caroline

    nem assistir mas pra mim quem ganha é cristopher pq a band ta querendo fazer a season 2 e querem segurar o rick, e o cristopher ganhando eles segura o rick, assim eu penso

    • Lucas Prata

      Ei Ana, a 2ª temporada acontecerá sim e acredito eu que a bancada será a mesma. Quando ao campeão dessa temporada, acho que Christopher está forte sim, porque tem muita gente que gosta dele, apesar de eu não gostar. Mas vamos votar e esperar o resultado né…
      Obrigado por comentar e acompanhe a final aqui conosco. Até mais!!

    • ana caroline

      voltei so pra dizer que meu pensamento tava certissimo , cristopher ganhou e a band confimou a season 2

  • ana caroline

    nem assistir mas to aqui so pra dizer que quem leva essa é cristopher

  • Guigo Rocha

    O que falar desse programa que passou a temporada inteira me irritando profundamente e, logo na semi final, resolve me conquistar? Sério, esse programa veio pra mostrar os pontos fortes e fracos de cada candidato e pra reforçar o que a gente já sabia: perdemos candidatos valiosos pelo caminho e, agora, estamos vendo a falta que fazem.
    GRITOSPHER: Ficou claro que GRITOspher não sabe usar graves. Todas vezes que tentou usar graves, falhou consideravelmente. Hoje não foi diferente. DDAO Foi bem ruim, com o candidato tentando se firmar como “o não só cantor de rock”. Engraçado é que ele se intitula como Rock Star mas, analisando a trajetória, o que menos cantou foi Rock. Mas nada foi pior que a segunda música. Registro que é preciso mudar urgentemente a produção de palco/show na 2ª temporada, pois fica claro que deixam eles soltos demais, sem orientação. GRITOspher foi gutural, cansou rápido demais, não teve coesão no palco, foi uma bagunça.
    JENNI: Eu gosto de Jenni. Jenni tem um ar meio místico, diferentão… Não é o tipo de artista que a gente consegue comparar facilmente. E tem voz. Não é A VOZ, mas bem acima da média dos candidatos do programa. O ponto forte de Jenni é que ela SABE usar a voz que tem. Ela imprime melismas e falsetes nos momentos certos, usa o grave num tom suave e não força seus agudos. Se houvesse um ponto fraco, não acho que o repertório que ela usa é popular e fácil de digerir. Talvez ela tenha problema com
    isso pós XFBr.
    RAVENA: Ravena começou o programa cheia de promessas e com uma responsabilidade enorme: precisava atingir expectativas de Rouge e tirar o ranço das GIRLS.Não conseguiu nem um nem outro o programa inteiro. Está claro que há ou um conflito ou uma frustração muito grande dentro do grupo, principalmente sobre a peituda. Na primeira música elas vieram com uma vibe mais natural, com vocais mais concisos e suaves. As harmonias casaram bem, embora em alguns momentos dê pra notar que faltam
    graves. Na segunda, estava formada a vibe internacional. Houve uma falha gritante antes do primeiro refrão, mas elas conseguiram se recuperar. Falta carisma mas, acima de tudo, falta fôlego e sinergia. Falta pique. Fica claro que as meninas não possuem preparo físico pra se movimentar enquanto cantam. É o famoso problema de cantor de barzinho: canta sentado ou parado, quando se move, não aguenta o tranco. Foram duas boas apresentações. Comecem a treinar com Just Dance que funciona.
    CONRADO: Todos sabem que não suporto Conrado, e grande parte disso é do próprio XFBr, quando insistiu em criar um candidato desilusional que acredita piamente que está arrasando. A impressão que deu é que nem a produção acreditava que o menino ia arrebatar a audiência mesmo sem voz e, a certa altura, havia a real possibilidade de Conrado ganhar uma competição de canto + presença de palco… sem nenhum dos dois. E dá-lhe desconstruir o personagem que criaram, dando porrada pós porrada a cada
    semana. Parece que deu certo, assim como parece que isso é um mal da franquia, com suas Honey G da vida. Conrado errou na primeira, erro na segunda e errou na terceira, embora concorde com aline que a vibe voz e violão faz menos mal aos nossos ouvidos.
    Jenni foi salva, GRITOspher também. O segundo foi previsível. Povo acha que gritar é sinônimo de cantar bem. Já a primeira eu jurava que ia ficar no Bottom com Ravena.
    Minha felicidade: ver Conrado arregando pro bottom, já prevendo que não tinha voz pra competir com Ravena. e foi o que ocorreu: Ravena fez no bottom o que devia ter feito desde o primeiro dia, com a peituda tendo atitude de popstar e com a loirinha segurando a barra da apresentação. NEGRALINDA sendo linda e energética como sempre e a nova ruiva mostrando a que veio. Sério, depois de single ladies, foi a apresentação mais grupo delas.
    E Conrado saiu, com a certeza que fez hora extra no programa. Conrado devia ter deixado o programa ainda no centro de treinamento, no máximo no desafio das cadeiras.
    Pela cotação de mercado, Jenni leva. E talvez, se bem trabalhada, consiga um nicho de mercado. Não vai ser artista de hits e paradas de sucesso. Mas talvez vingue. GRITOspher não vejo fazendo sucesso, não é o tipo de cantor que hoje tem espaço na mídia e nas rádios. A não ser que um hit caia no colo dele. Ravena possui um público cativo e ávido por uma girl band, mas não sei se possui disposição e comprometimento para trabalhar essa ideia fora do programa.

    Então é isso, até quarta. Espero ansiosamente que o fato de haver 3 convidados seja sinônimo de que teremos apresentações entre Candidato + convidados.

%d blogueiros gostam disto: