Posts Populares

Young Sheldon – S02E11 – A Race of Superhumans and a Letter to Alf

Quando as coisas acabam saindo do controle.

Chegamos na segunda metade de uma das melhores comédias da atualidade, mesmo que em seu gênero ela não esteja sendo tão reconhecida assim, mas seu elenco muito bem reconhecido por ter talento de sobra e o que me agrada bastante, porque sabem agir com naturalidade e muitas vezes percebemos que souberam pegar dos seus personagens originais, algumas coisas já ditas na série mãe.

Vendo um programa de televisão, o Sheldon influenciável do que jeito que é percebeu que poderia criar uma raça humana de super gênios, se seguisse as ideias do programa, vendo isso e sua irmã Missy precisando de ajuda na lição de matemática, ele viu que poderia ser sua grande chance, tanto que explicou para sua irmã tudo em 10 minutos, com ela entendendo, mas ela não quis mais obedecê-lo, aprendendo outras coisas. Enquanto o Sheldon quer conquistar o mundo, o George Jr só quer reconquistar sua ex Verônica, que havia virado uma beata, então ele decidiu ser do campo religioso, quem nunca foi na igreja só para isso, não sabe o que é viver.

Sheldon decidiu levar essa ideia a frente mesmo, com estudos de filósofos e tudo mais, porém interpretando da sua maneira e do Tam, que é bastante assustador tudo isso, já que ambos são meio doidos, porém no primeiro teste com seu pai, por mais louco que seja, deu certo e ele estava gravando isso para mostrar o mundo suas descobertas. O George Jr. começou a ir na igreja com sua mãe e Verônica, tentou fazer de tudo, mesmo sem saber nada, o que deixava sua mãe bem desconfiada, mas ele sabia inverter as coisas a seu favor, inclusive usando a palavra de Deus, mas ele até nas orações pedia pecado com Verônica, o que eu achei hilário.

Sheldon começou a passar de todos os limites em seu experimento, primeiro que a Missy é louca, segundo que estava dando tudo errado, então ele começou a seguir a ideia de punição, com pensamentos até torturantes, porém acabou indo com a ideia de destruir coisas que ela ama, como as bonecas de pano e o melhor que nessa hora citou a série “Blossom”, que tem Mayim Bialik, que venha a ser a Amy de TBBT, grande sacada isso, só que o Sheldon realmente danificou a boneca e a Missy espancou o irmão. O George Jr. endoidou de vez, meus amigos, com direito a ir batizar e tudo, só que e na hora do batismo acabou beijando a Verônica e também tomou uma surra da sua ex. #Iconic ainda mais que a Mary deu castigo em ambos por isso.

O episódio foi muito legal e gostei como souberam dar destaque ao George Jr. de uma forma bem dinâmica e engraçada, sem colocar ele na sobra de ninguém e sim ele se controlado e portando-se como um Sheldon na medida da possível esperteza deles, ainda tivemos que ver minha fada Missy sabendo brilhar como sempre.

Então é isso, um forte beijo e um ótimo 2019 para nós na série.

gostou da matéria? deixe um comentário!

Autor

Phelipe

Um cara Fitness, gosta de esportes e um escorpiano nato, apaixonado pela vida. Um "nerd" que curte balada e um baladeiro que curte coisas "nerds", porque a vida é muito curta para se apegar em coisas pequenas, logo pode observar que sou uma pessoa muito eclética em todos os sentidos da vida.

Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries